quarta-feira, 22 de junho de 2011

Sobre a hýbris.

Hýbris é um conceito grego que quer dizer excesso, orgulho, o que passa da medida. Ontem mesmo enquanto questionava Apolo sobre algumas coisas, a carta virada de um Imperador do tarot lembrou-me desse conceito, algo que há muito já não recordava. 

Nossas fortes e recentes heranças da modernidade e do Iluminismo ainda insistem em colocar-nos no pedestal acima da natureza e, algumas vezes, dos próprios deuses. Muitas vezes fazem-nos acreditar que podemos controlá-los ou subjugá-los e até impor nossas aspirações humanas sob as vontades do Alto – pois sim, acredito que elas existam. Esquecemos que viemos do barro, e que ainda que tenhamos uma fagulha divina que nos aquece, somos falhos e caídos por natureza. E justamente por sermos partes da Natura, ainda que possamos modificá-la, nunca poderemos controlá-la. 

Quando existe esse esquecimento, não é com demora que a Torre desmorona. A diferença é que muitos homens, tomados pelo orgulho, não enxergam os diamantes no meio do carvão, prosseguindo em suas levianidades. Já outros, despem suas vestes, descem os degraus do Inferno e pedem pelo seu perdão. E os deuses, em sua infinita bondade ou maldade, concedem esse desejo, mostrando-lhes nossa humana ignorância e nosso desconhecimento acerca do funcionamento do Universo.

Detalhe de O Lamento por Ícaro (Herbert Draper).

5 comentários:

Leonardo M. P. disse...

Olá Odir!

Interessante como colocou a questão do Tarot e da hýbris (Torre). Gostei muito do seu post, mesmo ele sendo bem rapidinho de ler, rsrs.

Abraços.

Leonardo M.

Emanuel disse...

Que texto delicioso. Curto, preciso, envolvente e leve - ainda que o tema seja pesado e nos leve a voos maiores...
Parabéns!

Leo Carioca disse...

Bom, todas as religiões avisam que querer impor a nossa vontade aos deuses não acaba bem.
Mas a hybris dos gregos talvez seja a definição melhor disso.
O Junito de Souza Brandão definia hybris como o sentimento humano de se considerar igual ao divino, quando não superior a ele!

Poema as Bruxas disse...

Gostei muito do seu blog... Estarei sempre por aqui...

Obrigada pela visita . volte sempre.

bjos

Liège disse...

Que blog riquíssimo!
Você escreve bem e sobre assuntos muito interessantes.
Um abraço e até breve.